sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Un Año Más...







En la puerta del sol
como el año que fue
otra vez el champagne y las uvas
y el alquitran, de alfombra estan
los petardos que borran sonidos de ayer
y acaloran el animo
apara aceptar que ya paso uno mas.

Y en el reloj de antaño
como de año en año
cinco minutos mas para la cuenta atras
hacemos el balance de lo bueno y malo
cinco minutos antes
de la cuenta atras.

Marineros, soldados, solteros casados,
amantes, andantes y alguno que otro
cura despistao
Entre gritos y pitos los españolitos
enormes, bajitos hacemos por una vez,
algo a la vez

Y en el reloj de antaño
como de año en año
cinco minutos mas para la cuenta atras
hacemos el balance de lo bueno y malo
cinco minutos antes
de la cuenta atras.

Y aunque para las uvas hay algunos nuevos
a los que ya no estan echaremos de menos
y a ver si espabilamos los que estamos vivos
y en el año que viene nos reimos
1, 2, 3 y 4 y empieza otra vez
que la quinta es la una
y la sexta es la dos
y asi el siete es tres

Y decimos adios y pedimos a Dios
que en el año que viene
a ver si en vez de un millon
pueden ser dos.

En la puerta del sol
como el año que fue
otra vez el champagne y las uvas
y el alquitran, de alfombra estan.

Prospero Año Nuevo para usted :-)

Just to say...

Changing Ways...


In 2011 my life will be ruled by the 3 C's: Choices***Chances***Changes.
I must make a Choice to take a Chance or my life will never Change!!! ;-)

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Um Santo Natal...



Desejo que esta noite, estejam onde estiverem,
consigam ver na beleza das coisas simples,
toda a magia do seu significado!

Uma Noite cheia de Paz!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Lisboa ficou mais pobre ...



Sempre encarei o aceno dele como um olá!!
A noite de Lisboa fica mais pobre
e as idas à última sessão do Corte Inglés também...
Já para não retroceder aos tempos do Amoreiras...

Lisboa ficou, definitivamente, mais pobre - em imagem, simpatia e cultura...
recordarei para sempre as nossas breves conversas...



Hoje acho que nos disse até já!
E sim, nós lisboetas vamos precisar tanto de si, como um dia precisou de nós!

Sr. João, daqui aceno um até já...

João Manuel Serra - 1930 - 2010 - O Senhor do Adeus - Rubrica de cinema

domingo, 24 de outubro de 2010

Hoje o dia é meu...


Ah pois é!!

Não sou nada o género de não gostar de fazer anos..."ah e tal, é um dia como outro qualquer!".
O tanas é que é! É o meu dia e mais nada...
Se é verdade que esta semana foi marcada por perdas, importa também contabilizar os ganhos - dias de vida, com altos e baixos, mas pautados por bons momentos, saúde e amigos! Que mais podemos querer?!

Vai daí... e festa :-)

Coisa simples que o tempo é de crise!
Assim como assim e porque a coisa se deu num fim-de-semana... nada como partir e levar meia dúzia de Amigos. Os tais que fazem parte do lote... poucos mas bons!

Houve uns quantos que faltaram - Amigo não empata Amigo - e outros que não estão...
Não estão hoje (a B. e o D.), não estão agora (o R. a P. e o P.T.), estarão um dia (a Avó e a F. e claro, os que não estão agora e os que não estão hoje).
Há coisas que fazem parte da história da nossa vida! Tudo tem o seu tempo...

No fundo, e em boa verdade, estiveram todos!
Via FB, sms ou telefone, acabaram por estar todos! O que só prova que a Amizade não depende de coisas como espaço e tempo!

A todos o meu muito OBRIGADA por TUDO o que REPRESENTAM para MIM.

A minha vida só faz sentido convosco por perto, mesmo quando a vida nos faz seguir rumos diferentes!

Um beijo do tamanho do mundo,
NG

(desde que tenho um Android na minha vida... sou uma nova mulher... LOL)

Custa sempre...


perder alguém que é nosso... e ver os que amamos sofrerem...

Esta semana, comecei a por perder a minha Avó Paterna. Foi o culminar de um período sofrido o suficiente para que mesmo sem o querer, o podessemos desejar...
A vida é feita de contrariedades... e estar vivo é o contrário de estar morto, já dizia a outra senhora...
Somos formatados para celebrar os nascimentos e quase que por aculturação, a carpir na morte. Quem me conhece, sabe be, que não sou assim. E asseguro que já perdi fisicamente. para o outro lado do caminho duas pessoas que me serão sempre muitos especiais e cuja simples ideia de cá não estarem me dói profundamente - a minha Avó Materna e a minha Gurreira F.
Os leitores atentos deste blogue sabem-no bem...

A minha Avó Paterna vivia na Madeira e mais não fosse pela distãcia física a nossa relação foi sempre sazonal e maioritariamente estival... por isso, e para colmatar estas ausências havia sempre grandes ofertas...

Ainda assim, as recordações são muitas... e há espaços que serão sempre nossos. Esses, são os que ficam e marcam para sempre...

Nunca morre quem vive nos nossos corações...

(depois de regressar do Funchal, posso assegurar-vos que esta ilha já não me sabe ao mesmo...)

Se lá voltarei?!
Claro, um dia...

(18.Outubro.2010)

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Para ler hoje...

... como se não houvesse amanhã...

Mesmo...

Do caraças...


Há coisas inexplicáveis... volta e meia, tenho disto...


Esta semana, ante-ontem para ser mais precisa, numa rede social trocava umas linhas com uma prima, geograficamete distante.

De repente, dou-me conta de que publicou umas quantas fotos de familares e clarom espreitei.

No meio de várias fotos selecciono uma, em que aparecia a Tia T... escrevi: "Linda!! Um grande beijinho para a tia T."

Soube há minutos que a Tia T. viajou ao início da noite de hoje...


Deste lado do caminho, mando um grande beijo para os meus primos.
Acreditem que sei bem (muito bem, mesmo), o que sentem.

Nesta hora, apenas uma coisa importa que tenham presente - há pessoas que têm a capacidade de se tornarem eternas nos nossos corações...

De facto...



O dia correu muito bem!
Gosto quando as coisas começam a ganhar a cor e a vida que lhes damos.

Se há trabalhos que me estimulam e me enchem de alegria
são este tipo de projectos!

O Almoço foi muito bom, com uns companheiros do melhor!
Um dia criativo, giro e divertido... surpreendente até!

No regresso, ao mundo real, entrei no taxi e tocava esta...
melhor estragava!

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Caminhos...


‎"O fim de uma viagem é apenas o começo de outra.
É preciso ver o que não foi visto,
ver outra vez o que se viu já,
ver na primavera o que se verá no verão,
ver de dia o que se viu de noite,
com o sol onde primeiramente a chuva caía...
É preciso voltar aos passos que foram dados,
para repetir e para traçar caminhos novos ao lado deles.
É preciso recomeçar a viagem.
Sempre!"
José Saramago

Quero....

... umas destas, quando o inverno chegar!!!

Nó...


Por vezes até as palavras se enrolam no teclado,
quando há um nó na garganta por desfazer.

Tempo de sarar as feridas, a amanhecer!

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

A repetir...


A semana passada almocei aqui... precisamente aqui!
Ainda me faltam adjectivos para qualificar.
Apesar do meu ar de tia e de ser fã da sofistição, gosto de coisas simples:
Por isso, um simples Muito Bom diz tudo!

Nota máxima para o Chefe de Sala,
um excelente exemplo de quem tem prazer no que faz
e de quem faz com prazer!

Para voltar... para jantar :-)

P.S. - Fica em Lisboa...

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Sunset @ Santini...


Não estou assim tão certa de que seja I gelati più fini del Mondo...
Já comi alguns por este mundo fora... Confesso que recordo com especial saudade uma gelataria de Florença que era uma perdição. (como se fosse necessário inventar um bom motivo para lá voltar).
Ainda assim, as gelatarias Santini arrastam multidões. E a verdade é que se não fossem bons, que sentido faria ficar tanto tempo à espera por um cone com duas bolas :-)
Eu e a B. aguardámos alguns minutos... Claro que aproveitamos todos os momentos para rir e por a conversa em dia!
E as saudades que eu tinha da minha B.
Trabalhámos juntas o tempo suficiente para que a relação profissional fosse rapidamente absorvida por uma Amizade, pautada por um enorme e profundo respeito.
Tanto que há temas que para nós são "tabu" - não que sejam proibidos, de todo - mas porque entre Amigos com uma Amizade como a nossa, há coisas que nem precisamos dizer... simplesmente percebemos! E é tão bom!
Sequiosas dos nossos momentos, lá fomos até ao Chiado, o que era para ser um simples gelado e dois dedos de conversa, durou até de madrugada ;-)
Amei!!
E ainda sei o caminho, afinal... é logo ali à saída da ponte :-)

P.S. - O meu era de Canela e Doce de Leite :-)
(2 minutos na boca... 20 anos na anca - lol)

O verdadeiro dois em um...

Dá tempo para uma bela pasta e para atirar uma moedinha na Fontana di Trevi :-)

Comer, Orar e Amar...



Afinal, ainda vou ter que estepara pelo dia 28 de Outubro, para ver.
Bem vistas as coisas, não é mau, porque ainda tenho tempo de sobra para ler o livro...

Let your self GO :-)

P.S. - Prefiro Orar a Rezar... soa a ladaínha, que é como quem diz a falso, a frete...

Diz que é Fofo...


O mais recente adjectivo para este blogue... Já lhe chamaram muita coisa, é verdade!
Mas fofo... Fofo foi a primeira vez...

Vai daí, fiquei a pensar... E quando eu começo a pensar...

A história deste blogue remonta a 27 de Outubro de 2007.
Decidi criar este blogue, após três dias de afonia total, muita leitura e uma vontade enorme de comunicar.

Vai daí, se bem pensei, melhor o fiz. E, modéstia à parte, acho que fiz muito bem!
Foi o marcar de uma nova fase da minha vida.
De repente, sem perceber muito bem como, fiz dele diário, tubo de escape e até confessionário!

Uma das coisas que prezo desde o início, é a privacidade de todos os intervinientes em cada momento que aqui escrevo. A sua identidade foi, é e será sempre preservada!!
Quem me conhece e intervém sabe sempre quem é, ou a que me refiro e isso é para mim, o mais importante!!

Graças a este blogue, já tive muitas alegrias.

Sinto que até ao momento,já me deu muito.
Muitas pessoas e muitos momentos especiais...

Passados estes quase três anos, muita coisa mudou. Muita mesmo.
Tanta que neste último ano, acabei por deixá-lo meio ao abandono, como que a testar a sua capacidade de sobrevivência.
E a verdade, é que ele aqui se mantém, suscitando a curiosidade de uns, a graça de outros e a saudade de outros tantos.

Por isso, só me ocorre dizer - "não te deixarei morrer" meu querido blogue!
Mais não seja, porque haverá sempre ncoisasparapensar :-)

P.S. - Vou fazer de ti "mais" do que fofo, boa?! Não que ser fofo não seja bom :-)

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Parabéns R...

Há gatos com sorte, mas há donas com mais sorte ainda... LOL
Um dia em grande para ti... e uma noite ainda maior...
Sê Muito Feliz!!!

Para a minha Guerreira...

Com o carinho, amizade e saudade...
Hoje há festa do outro lado do caminho.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Yes, I'm...



Alguma dúvida?!

Ah pois é...



Para a frente é que se faz a história!!

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Gosto...

Contraluz...



Já vi e recomendo!! Pela realização, pelo argumento, pela fotografia, pelas interpretações, pela banda sonora, pela emoção, pela reflexão, pelo que trago... e claro, pela dedicatória do Fernando Fragata ao Grande António Feio.
De facto, a mensagem, em jeito de despedida do António diz tudo: "aproveitem a vida e ajudem-se uns aos outros.... Apreciem cada momento. Agradeçam! E não deixem nada por dizer, nada por fazer!"
Definitivamente, é isto!!

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Uma Mão cheia de Saudades...



Parece que foi ontem que o telefone tocou e já passaram cinco anos...

Ao contrário do que se possa dizer, não sinto que o tempo apague as memórias que tenho de ti. Não sinto e não quero!

Gosto de te sentir por perto.
Gosto de sentir o teu cheiro.
Gosto de te ler.
Gosto de te ver.
Gosto de te ouvir.

Sinto falta de te tocar.
Sinto falta de te abraçar.
Sinto falta do teu abraço.
Sinto falta... muita falta.

Tenho saudades de te ter. Vontade de te abraçar.

Não gosto de não te ter. Não te ter para mim.
Mas, sinto que te tenho em mim.

Tenho-te em mim. Ter-te-ei em mim sempre!
Porque jamais morre quem vive nos nossos corações.

E tu... tu viverás em mim e para mim, Sempre!
Um beijo do tamanho do Mundo e um Abraço dos nossos.

Amo-te Avó!

P.S. - Desta vez, fica a versão original... para ti. Só para ti...

Para os que nunca viram...

Pessoas que ficam...



“A luta nunca será inglória, seja qual for o final… estou a lutar pelo que quero, pela vida, por aqueles que eu gosto e amo e nesse sentido nunca será inglória. Espero que seja um exemplo de sucesso, se não for, pelo menos que fique bem claro que eu dei luta até ao final”

ATÉ SEMPRE ANTÓNIO! E OBRIGADA...

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Efectivamente...

... já não sou rato de laboratório!!
Acabaram-se as experiências e os tubos de ensaio.

O tempo voou... é bom que assim seja!
Haja Atitude!!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Parabéns Avó...



Cantei-te os Parabéns baixinho.
Recordei o sorriso, o olhar, o cheiro, o toque, o afago, o abraço...
Imaginei como seria ter-te aqui. Como seria o apagar das 81 velas...

Tenho tantas saudades tuas.
Amo-te, Amamos-te... Muito!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Será?!...

Adorei a coreografia do par do "Achas que Sabes Dançar?"
Muito bom, mesmo!

domingo, 13 de junho de 2010

Oftalmologista precisa-se...



Porque o pior cego, é aquele que não quer ver.. :-(

sábado, 12 de junho de 2010

Quem?!...

"... me leva os meus fantasmas,
Quem me salva desta espada,
Quem me diz onde é a estrada?"

(assenta-me que nem uma luva)

Será que vou?!...


Bater com a cabeça na parede uma vez, dói.
Bater com a cabeça na parede duas vezes, é muito mais doloroso.
Mas, bater com a cabeça na parede pela terceira vez, pode conseguir doer ainda mais que nas duas anteriores.

Será?! Será que vou bater com a cabeça pela terceira vez?!
Só tempo... só ele me dirá.
O tempo às vezes ajuda-nos a perceber o que tanto queremos perceber à força.
Às vezes, leva é tempo de mais... será o caso?!

Que fique claro que quem não tentou, não perdeu nem ganhou e pior que a tristeza de falhar é aquela de nunca ter tentado. Estou conciente que tentei.

Há poucas coisas das que me arrependo na minha vida, e esta - desistir de tentar - pode muito bem vir a ser uma delas.

P.S.- E sim, eu sei que parte da minha massa encefálica também já ficou perdida em algumas cornadas por este mundo fora. Tudo menos uma relação reparadora...

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Um Grande Beijo F...


... deste lado do caminho e cheio de Saudade.
Até um dia destes...

terça-feira, 1 de junho de 2010

Parabéns L...

Não apenas por ser o Dia Internacional da Criança, mas sobretudo,
porque hoje é o dia do teu terceiro aniversário!!

É tão bom ver-te crescer!
É tão bom ouvir-te!
É tão bom abraçar-te!
É tão bom encher-te de beijos!
É tão bom desmanchar-te com cócegas!
É tão bom apalhaçar contigo!

Contigo, não há dias cinzentos e as noites enchem-se de cores!

É tão bom rir contigo!
É tão bom cantar contigo!
É tão bom competir contigo!
É tão bom passear contigo!
É tão bom estar contigo!
É tão bom fazer bolos contigo!

É tão bom ter-te meu Principezinho!
Contigo, a vida tem sempre um brilho diferente... Amo-te!!!

Um Beijo Muito Grande e um xi<3>

segunda-feira, 3 de maio de 2010

O teu dia: Hoje e Sempre...

A Minha, a Nossa!

domingo, 2 de maio de 2010

G'anda Noite...



Alicia Keys - Falin - Pavilhão Atlântico 29 de Abril de 2010



Alicia Keys - Empire State of Mind - Pavilhão Atlântico 29 de Abril de 2010
The last... but not the least

Obrigada... Adorei!!

quinta-feira, 22 de abril de 2010

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Parabéns S...



Por tudo o que já vivemos, rimos, chorámos, partilhamos...
Por tudo e por nada, a ti minha AMIGA de todas as horas só posso desejar-te o melhor!!

Beijos Grandes

sábado, 17 de abril de 2010

Parabéns M...



O M. já faz hoje um ano!!
Como o tempo passa...
Claro que nós estamos a caminho, para as comemorações oficiais!

Muitos Parabéns para ti!!
Beijos Grandes para ti, Papás, Avós e Tio...

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Parabéns Top...



Happy Birthday to my Top Friend!!! Have a Nice Day!!
Beijos :-))))

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Parabéns Mãe!...



Que o dia de hoje seja vivido com o reconhecimento
de todas as dádivas e oportunidades de crescimento
e com a esperança reforçada num futuro
que queremos e cremos risonho!

Por tudo o que és e por tudo o que sou contigo - obrigada!!

Um dia Feliz para ti!!
Muitos Beijos.
Amo-te!!

P.S. - Quando menos esperares... estamos todos lá :-))

terça-feira, 30 de março de 2010

Packing...


Doze anos empacotados num pequeno caixote... coube tudo o que eu queria!
Abre-se um novo ciclo!!
Amanhã, é o último dia na quinta pedagógica ;-)
Vai custar um biquedinnho, mas eu sou forte!!
Depois partilho!

Sopram ventos de mudança...

Between Jobs...


Sentimentos que se misturam...

Mais um...


Desta vez, foi o Tio L. que decidiu atravessar a estarda para o outro lado do caminho...
Agora, restam as lembranças dos bons momentos.
Até qualquer dia Tio.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Happy Birthday to You...



... Esticadinho...
...Que a vida te sorria sempre!!
Beijos, Beijos ;-)

segunda-feira, 8 de março de 2010

Parabéns Mano!!...



Que este seja o primeiro dia do resto da tua vida!
Amo-te!

segunda-feira, 1 de março de 2010

Todas as Flores para a Madeira...



Fátima Lopes e João Manzarra - anfitriões da noite...



Mariza e Luis Jardim - "Gente da Minha Terra"
Soou estranhamente diferente... desta vez, arrepiou-me
note-se que não sou fã da Mariza)



Rui Veloso e Kátia Guerreiro - "Porto Côvo"
Tão bonito... como sempre...



Virgilio Castelo
André Sardet e Rui Massena - "Foi Feitiço"
Este momento enfeitiço e bem... É sempre um feitiço que não se explica...
Sente-se... Sinto!



António Feio - Todas as Palmas foram poucas para este Senhor... Força António!!
Sérgio Godinho e Filipe Pinto - "Espalhem a notícia"
A Madeira vai voltar a brilhar!
Espalhem a notícia!!



João Gil e Ana Sofia Varela - "Fado de Amor e Pecado"
Um momento...



Mafalda Sachetti e Paulo de Carvalho - "Mãe Negra"
ArrA


Diana & Laurent - "True Colors!
Um momento fantástico... O Trompete é fantástico...
Arrepiante... muito emotivo... uma sonoridade fantástica... única...



Simone de Oliveira e Nuno Guerreiro - "Noites da Madeira"
Excentricamente bom...



Marco Paulo e Vânia Fernandes - "Nossa Senhora" e "Maravilhoso Coração"
O Coliseu não veio a baixo... mas quase :-)
A melhor versão... foi a minha... de ir às lágrimas!!



Ricardo Ribeiro e Pedro Jóia - "Entrega"
Uma noite com muita entrega...



Fernando Tordo e Helder Moutinho - "Adeus Tristeza"
Tão comovente... tão verdade...



David Fonseca e Mário Laginha - "Cry For Love"
Chorar por Amor e às vezes é preciso... faz parte...




Anjos e Carlos Costa - "Virar a Página"
Há momentos em virar a página tem tanto de custoso como de imperativo!

domingo, 14 de fevereiro de 2010

Ps I Love you...



"A vida muda num minuto..."
De chorar... baba e ranho!!

É que é mesmo isto...


O tempo está para o amor como o vento para os incêndios; apaga os fracos e ateia os mais fortes. É uma espécie de teste, uma prova cega, uma forma inequívoca de clarificar a essência daquilo a que tantas vezes queremos chamar amor e que ainda não é mais do que o minúsculo
embrião de futuro incerto e tantas vezes improvável.

O tempo está para o amor como o vento para os incêndios. Alastra repentinamente, traiçoeiro e sem aviso, vai para lugares onde nunca pensamos que pudesse sequer chegar, faz-nos tremer, sofrer, rezar, dá-nos vontade de lutar para o combater, porque não sabemos para onde vamos, o que queremos nem se seremos os mesmo depois do fim... e por isso receamos o fim antes mesmo do princípio, imaginamos cenários apocalípticos para proteger o coração cansado e errante que não quer ainda, apesar de tudo, parar para pensar ou escolher um lugar.

O tempo está para o amor como está para tudo o resto na vida. É o tempo que nos dá maturidade, que nos ensina a distinguir o que é urgente daquilo que é mesmo importante, que nos mostra onde estão os verdadeiros amigos, que nos dita quais os princípios pelos quais nos
regemos e como deveremos lidar com as nossas fraquezas. O tempo ensina-nos a viver com os nossos defeitos e a respeitar as diferenças dos outros. Dá-nos sabedoria, tolerância, paciência, distância, objectividade, clareza mental. Afasta as dúvidas e as hesitações.
Poupa-nos de decepções e enganos. Abre-nos os olhos quando somos os únicos a não ver. E dá-nos força para continuar, mesmo que o amor seja uma ausência, uma perda, uma falta, uma desilusão.

Mas o amor está para o tempo como uma vela acesa numa noite de luar. O amor é trémulo, impaciente, frágil, volúvel, fraco, fácil de acender.
Tantas vezes se consome a si próprio, tantas vezes é tão fácil de apagar, para depois se reacender, voltar a vacilar, incerto e inseguro, quente mas efémero, forte mas falível, romântico mas tantas vezes superficial...

O amor abre o coração, desprotege o espírito, acorda o corpo e aquece a alma. Pode nascer de um olhar mais longo, de uma conversa à mesa, de um passeio à beira-mar, da simples passagem da palma de uma mão por uma cintura desprevenida. Não tem regras, nem tempo, nem cores, porque não tem limites, nem compassos nem contornos. Por isso é que quando nos apaixonamos enchemos páginas inúteis com os defeitos e qualidades do nosso amado sem chegarmos a nenhuma conclusão. E ao vermos nele alguns defeitos que tanto abominamos, condescendemos, abreviamos, contemporizamos e deixamos passar. Porque o verdadeiro amor é aquele que resiste ao tempo, sobrevive às dúvidas, emerge do medo e aprende a dominá-lo.

Amar é outra coisa. É dar sem pensar, é sonhar o dia todo acordado e dormir sem nunca adormecer, é galgar distâncias com agilidade e destreza, é viajar sem sair de casa, escolher livros e programar surpresas, namorar o telefone à espera que ele toque, acordar depois de duas horas de sono com cara de bebé, sentir que somos invencíveis e que a perfeição está tão perto e é tão fácil, que a morte já podia chegar, sem termos medo de perder a vida.

O verdadeiro amor é absoluto, indestrutível, estóico, inflexível na sua essência e tolerante na sua vivência, discreto, sóbrio, contido, reservado, escondido, recatado, amadurecido, desejado, incondicional, amargurado, sagrado, sobressaltado. O verdadeiro amor é delicado, bom ouvinte, cúmplice, fiel sem ser servil, atento sem se impor, carinhoso sem cobrar, atencioso sem sufocar e muito, muito cuidadoso para nunca se perder, se estragar, se esquecer ou desvirtuar. O segredo está no tempero, na moderação, nas palavras que nunca se chegam a dizer, nas conversas perdidas à beira do rio, no olhar que fica no ar, no tempo que é preciso dar para que cresça, amadureça e deixe de meter medo.

É preciso dar tempo ao amor, um tempo sem tempo, sem datas nem prazos, sem exigências nem queixas, porque o amor leva o tempo que for preciso.

Obrigada M.R.P.!

Aos que Amei, Amo e vou Amar...



I'm Yours, by Jason Mraz
Dança-se ao ritmo que se quer... e é tão bom!



You Can Leave Your Hat On, by Joe Cocker
Pequenas grandes provocações ;-)



Por uma Noite, dos Klepht
Tocas no rosto enquanto o ar não sai / Inspiro sem medo do acto que vem /
Envolvo os pés como mãos / Do toque nasce a nossa ilusão



Vem cá, T.T.
Volta(m) sempre...



Feitiço, por André Sardet
"O que é que me deu, para gostar tanto assim de alguém, como Tu..."



Sexual Healing, by Ben Harper
Sempre Tua... Sempre Minha... Sempre Nossa...



With Or Without You, by U2
Quantos "percentus"?! Ehehehehe



Cada Lugar teu, por Mafalda Veiga
"Vou guardar cada lugar teu, atado e mim, em cada lugar meu"



Se eu não te amasse tanto assim, por Ivete Sangalo
Um Amor intemporal... no meio do temporal...



Everything I Do, I Do It For You, by Bryan Adams
Porque só assim faz sentido...



Wind Of Changem by Scorpions
Quando achamos que podemos mudar o Mundo... pelo simples facto de acreditarmos!




Sacrifice, by Sir Elton John
O primeiro slow... com tudo o que isso implica

P.S. - Aos que sabem que o meu "Amo-te" custa a sair e tem sempre uma só forma...
"Gosto Muito de Ti!" (porque não gosto muito de toda a gente).
Aos que o souberam perceber ao longo do tempo, o meu Obrigado e o meu Amo-te.
São de facto pessoas especiais. E certamente, ouvi-lo-ão mais vezes.
Aos outros... até um dia!

Namorar contigo...



... é muito bom!!
Pela Partilha, pela Cumplicidade, pela Amizade, pelo Amor!
Porque há sempre uma primeira vez... desta vez, celebrámos os dois!!

A ti, Amo-te, muito...
Beijos Grandes ;-)

Parabéns Tia...


Que este dia seja pleno de bons momentos, com muita alegria e felicidade.
Um excelente dia para ti.
Gosto Muito de Ti!!!

Muitos beijos ;-)

Momentos Fantásticos...


Uma tarde pintada com todas as cores...
with one of the best...

A repetir!

Só mais uma questão...


As vezes que eu ouvi isto em apenas sete minutos...

A conversa foi "taco a taco"... um "mano a mano" cheio de convicção,
determinação e assertividade.

Fiquei muito orgulhosa de mim!
Mais um pequeno passo para...
Missão parcialmente cumprida, mas muito comprida!
Aguardo pacientemente...

P.S. - I'm so lucky... I'm Blessed... so Blessed...

Parabéns Amiga....


das horas boas, das horas menos boas...
Amigas sem horas, Amigas sem pressas...

Amigas de uma Vida... Amigas para a Vida!
Amigas irmãs!!
É muito bom contar contigo e sei que o sentimento é recíproco.
No dia do teu Aniversário era impensável não estar contigo!

Depois do contributo de Bell que permitiu que te felicitasse pela manhã, foi tempo de jantar... jantar com o teu marido...
Só uma Amizade como a nossa se dá a esses pequenos grandes luxos...

Quanto a nós, a cumplicidade de sempre... as alegrias, as tristezas, as preocupações, as histórias, as expectativas, as possíveis mudanças... Tudo ali, às claras!

Pelo o meio, a alegria de ver as minhas sobrinhas crescerem... agora estamos numa fase de troca... elas obedecem, se eu fizer ;-) e lá estou eu pronta a "curtir" cada minuto com a máxima alegria e boa disposição.

A ti minha Amiga desejo tudo tudo de bom, do que a vida contém, e entendimento para perceber as partidas que às vezes nos prega.
Que a nossa amizade se mantenha sempre assim... pura, genuína... única!!

Venham mais 35... ;-)
Beijos Grandes
P.S. - Claro que só o post estava pendente... o resto, jamais estaria!!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Rosa Lobato de Faria...


A escritora (poeta e romancista) e actriz nasceu em Lisboa em abril de 1932. O seu primeiro romance, "O Pranto de Lúcifer", foi editado em 1995, mas publicara já antes vários volumes de poesia - como "Os Deuses de Pedra" (1983) ou "As Pequenas Palavras" (1987). O essencial da sua poesia está reunido no volume "Poemas Escolhidos e Dispersos" (1997). Em 1999, na ASA, publica "A Gaveta de Baixo", um longo poema inédito acompanhado por aguarelas do pintor Oliveira Tavares.

Como romancista publicou ainda "Os Pássaros de Seda" (1996), "Os Três Casamentos de Camilla S." (1997), "Romance de Cordélia" (1998), "O Prenúncio das Águas" (1999, que foi Prémio Máxima de Literatura em 2000) e "A Trança de Inês" (2001). Escreveu também "O Sétimo Véu" (2003), "Os
Linhos da Avó" (2004), "A Flor do Sal" (2005), "A Alma Trocada" (2007) e "A Estrela de Gonçalo
Enes" (2007), além de ter assinado vários livros infantis. Os dois primeiros romances tiveram tradução na Alemanha e "O Prenúncio das Águas" foi publicado em França pelas Éditions Métailié. O seu último livro, "As Esquinas do Tempo", foi publicado em 2008 pela Porto Editora.

Como actriz, Lobato Faria integrou o elenco da primeira novela portuguesa, "Vila Faia" (1983), e trabalhou com Herman José em "Humor de Perdição" também como argumentista. Filmou com João Botelho ("Tráfico, de 1998, e "A Mulher Que Acreditava Ser Presidente dos Estados Unidos da América", de 2003). Foi também dirigida por Lauro António em "Paisagem Sem Barcos" (1983) e "O Vestido Cor de Fogo" (1986). Estreou-se como locutora na RTP na década de 1960.

Escreveu ainda dezenas de letras para canções, muitas delas para festivais da canção. Entre elas o conhecido "Chamar a Música", interpretado por Sara Tavares.

As verdadeiros permanecem vivos nas suas obras... nos seus livros... nos seus poemas... nas suas interpretações.
Até um dia...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Novo mês....


E com ele... o primeiro dia do resto das nossas vidas!!
A torcer por ti!!

domingo, 31 de janeiro de 2010

Tudo por um beijo...





Eu não sei bem quem tu és
Sei que gosto dos teus pés
Do teu olhar atrevido

Tu baralhas-me a razão
Invades-me o coração
E eu ando um pouco perdido

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que ter toda a fama do mundo

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que todo o dinheiro do mundo

Adivinha onde eu cheguei
Desde o tempo em que roubei a tua privacidade
Fiz de ti lírio quebrado
Fera de gesto acossado, vendi a tua ansiedade

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que ter toda a fama do mundo

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que todo o dinheiro do mundo

E agora que estamos sós, vamos ser apenas nós
Dar a volta ao argumento
Vamos fugir em segredo
Sumir por entre o enredo, soltar o cabelo ao vento

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que ter toda a fama do mundo

Troco tudo por um beijo
Mais vale morder um desejo
Que todo o dinheiro de mundo

Tudo por um Beijo
Jorge palma

"Apalavradamente" divertido...



Mariana, uma jovem vedeta da nossa televisão, está muito perto de um colapso nervoso.
As filmagens não estão a correr bem, a sua popularidade na novela está a descer mas todos os passos da sua vida privada continuam a ser matéria de capa das revistas "cor-de-rosa". E há uma culpada por esta total ausência de privacidade: Gabriela Santos, a mais temível paparazzo de Lisboa, a pessoa que sabe sempre onde ela está e que consegue as fotos mais comprometedoras.
Gabriela Santos é o nome artístico de João, o paparazzo que é contratado para perseguir Mariana dia e noite, captando a sua vida diária e fazendo dela uma presença habitual nas capas das revistas sociais sem que a sua presença alguma vez seja detectada. Até ao dia em que se conhecem de forma fortuita...
A partir desse momento, nasce uma relação amorosa na qual o fotógrafo terá que fazer todos os impossíveis para que Mariana não descubra a sua verdadeira identidade, ao mesmo tempo que tenta lidar com a excentricidade dos dois amigos com quem partilha o apartamento e com o facto de se ver agora como alvo das mesmas revistas para as quais trabalha.

Um história simples com frases que dão que pensar e com uma banda sonora que fica!
Muito engraçado o filme!
Com excelentes interpretações, Soraia Chaves, Marco D'Almeida, Pedro Laginha, Nicolau Breyner, Nuno Markl - estão espectaculares, o filme é muito agradável, com um bom ritmo, e para alem do romance, existe uma critica irónica e bem disposta ao mundo cor-de-rosa.

P.S.- Lisboa é linda!!!

Uma noite diferente...

Eu até ia, mas... tive de mudar de planos.
E diverti-me muito contigo!!
Já disse que te Amo?!
Já?! Pois digo outra vez - AMO-TE!!

Estranho....


E se de repente, um estranho te oferece pipocas?!
É estranho!

E se te preparas para pagar e a tua conta está paga?!
É... no mínimo estranho!

E se te escrevem num guardanapo?!
É... estranhamente engraçado!!

Clone?!...


Foi absolutamente Fantástico!
Diverti-me imenso.
Gostei muito de ouvir o F.B.C. e já tinha saudades do baixo do J.M.
Nada melhor para fechar a noite do que o My Way do senhor Frank Sinatra... Lindo!

P.S. - Não vos achei nada clones ;-)

Bom Feeling...



Today is a good day... I know... I feel it...
(sexta-feira foi, só, mais um dia...)

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Mundo Corporativo...


"Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório
e pegava duro no trabalho
A formiga era produtiva e feliz.

O gerente besouro estranhou a formiga trabalhar sem supervisão.
Se ela era produtiva sem supervisão, seria ainda mais se fosse supervisionada.
E colocou uma barata, que preparava belíssimos relatórios e tinha muita experiência, como supervisora.

A primeira preocupação da barata foi a de padronizar o horário de entrada e saída da formiga.
Logo, a barata precisou de uma secretária para ajudar a preparar os relatórios e contratou também uma aranha para organizar os arquivos e controlar as ligações telefónicas.

O besouro ficou encantado com os relatórios da barata e pediu também gráficos com indicadores e análise das tendências que eram mostradas em reuniões.

A barata, então, contratou uma mosca, e comprou um computador com impressora colorida. Logo, a formiga produtiva e feliz, começou a se lamentar de toda aquela movimentação de papéis e reuniões!

O besouro concluiu que era o momento de criar a função de gestor para a área onde a formiga produtiva e feliz, trabalhava.
O cargo foi dado a uma cigarra, que mandou colocar carpete no seu escritório e comprar uma cadeira especial..

A nova gestora cigarra logo precisou de um computador e de uma assistente a pulga (sua assistente na empresa anterior) para ajudá-la a preparar um plano estratégico de melhorias e um controle do orçamento para a área onde trabalhava a formiga, que já não cantarolava mais e cada dia se tornava mais chateada.

A cigarra, então, convenceu o gerente marimbando, que era preciso fazer um estudo de clima.
Mas, o besouro, ao rever as cifras, se deu conta de que a unidade na qual a formiga trabalhava já não rendia como antes e contratou a coruja, uma prestigiada consultora, muito famosa, para que fizesse um diagnóstico da situação.

A coruja permaneceu três meses nos escritórios e emitiu um volumoso relatório, com vários volumes que concluía : Há muita gente nesta empresa!!

E adivinha quem o besouro mandou demitir?
A formiga, claro, porque ela andava muito desmotivada e aborrecida."

Já viu esse filme antes?
Bom trabalho a todas as formigas!!!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Parabéns S...


Que este seja mais um, cheio de alegria, boa disposição e cheio de Aimgos
- dos poucos mas bons!!
Beijos

Auschvitz - 65 anos...


Qualquer dia, os poucos sobreviventes passarão para o outro lado do caminho...
Mas há histórias que permanecem vivas para sempre....

Com o meu profundo respeito por todos.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Gosto, Gosto, Gosto Muito....



Carla Bruni - Quelqu'un m'a dit

Vai correr tudo bem...


... que eu sei!!!

J. para ti, um beijo do teu tamanho
- grande, muito grande -
e um abraço cheio de força!!
P.S. - Medo não rima com o norte... já forte, rima!!
Força Querida!

Tão verdadeira que até doi...

Balançar - Mafalda Veiga

Pedes-me um tempo,
para balanço de vida.
Mas eu sou de letras,
não me sei dividir.
Para mim um balanço
é mesmo balançar,
balançar até dar balanço
e sair..

Pedes-me um sonho,
para fazer de chão.
Mas eu desses não tenho,
só dos de voar.

Agarras a minha mão
com a tua mão
e prendes-me a dizer
que me estás a salvar.
De quê?
De viver o perigo.
De quê?
De rasgar o peito.
Com o quê?
De morrer,
mas de que paixão?
De quê?
Se o que mata mais é não ver
o que a noite esconde
e não ter
nem sentir
o vento ardente
a soprar o coração...

Pedes o mundo
dentro das mãos fechadas
e o que cabe é pouco
mas é tudo o que tens.
Esqueces que às vezes,
quando falha o chão,
o salto é sem rede
e tens de abrir as mãos.

Pedes-me um sonho
para juntar os pedaços
mas nem tudo o que parte
se volta a colar.

E agarras a minha mão
com a tua mão e prendes-me
e dizes-me para te salvar.
De quê?
De viver o perigo.
De quê?
De rasgar o peito.
Com o quê?
De morrer,
mas de que paixão?
De quê?
Se o que mata mais é não ver
o que a noite esconde
e não ter
nem sentir
o vento ardente
a soprar o coração.

Linda, Linda, linda...
Hoje o meu dia de trabalho acabou ao som desta música...

domingo, 24 de janeiro de 2010

Que esta semana seja...


Coincidências do caraças...


Ambos, a revista e o protagonista da capa caíram que nem bombas na minha secretária esta semana...

Ele deu-me apoio moral - ehehehe!
A revista... vai me levar alguém muito especial... Dá-lhe AMIGA!!!

Reforço que ainda nem foste e já estou com saudades... dassss!! ;-))))))
(B. este é um blogue familiar - lol)

P.S. - Sempre que ele aparecer lá por casa P.F.,
diz-lhe que o pequeno almoço fica por minha conta, ok?!

Com Fé e Acção...

Sempre acreditei que iamos conseguir e tentei mostrar isso ao longo do tempo, tentei e penso ter conseguido estar sempre do teu lado nas boas e más alturas que passamos...

Estou a torcer por ti e consequentemente por nós!

...Assim vai começar a nova etapa da nossa vida!!...

Assustada, mas... com muita força de vontade!

Bright Star...

Tenho para mim que o cartaz acabou por determinar a escolha final...

A Fotografia e a estrondosa banda sonora torna este filme verdadeiramente
fantástico!





Londres, 1818: uma relação amorosa secreta tem início entre o poeta inglês de 23 anos, John Keats, e a vizinha do lado, Fanny Brawne, uma jovem e sincera estudante de moda.

A relação entre este estranho e improvável par até começou mal. Ele achava-a um pouco insolente, ela não se deixava impressionar muito com literatura em geral.

Foi a doença do irmão mais novo do poeta que os juntou, quando, sensibilizado com os esforços de Fanny para os ajudar, Keats propôs ensinar-lhe poesia. Juntos, os jovens amantes viveram momentos de romântica obsessão, cada vez mais profunda à medida que os seus problemas aumentavam. Só a doença de Keats se mostrou inultrapassável...
P.S. - O filme foi arrebatador... a companhia foi fantástica!

Lisboa não sejas Francesa...



Esta semana impunha-se ouvir a minha Amiga Joaninha que estava a tocar no Casino do Estoril...
A mim juntaram-se mais uns quantos Amigos do peito.

Diverti-mo-nos muito e gostámos muito!

Se quiserem saber mais e conhecer melhor este grupo que já esteve nesse ícone que é o Festival da canção, não hesitem em passar pelo myspace da Joaninha. Eu recomendo!!

Joaninha - "És linda!"

P.S. - Atá aquele momento, o meu dia tinha sido... mau... muito mau :-(

domingo, 17 de janeiro de 2010

Que esta semana seja...


Smile,
Tough your heart is aching
Smile,
Even though it's breaking,
When there are clouds in the sky, you'll get by
If you smile
Through your fears and sorrow, smile
And maybe tomorrow
You'll see the sun come shining through for you.
Light up your face with gladness,
Hide ev'ry trace of sadness,
Altho' a tear may be ever so near,
That's the time you must keep on trying,
Smile,
What's the use of crying,
You'll find that life is still worhwhile,
If you just smile

by, Charles Chaplin

Parabéns P.S....



Um dia com tudo de bom!
Tu mereces tudo, porque para ti, o tudo nunca será de mais!
Um Beijo muito Grande e um Abraço bem apertado

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Mais uma estrela...


Saber que passaste para o outro lado do caminho deixou-me triste.
Fui incapaz de esconder a emoção...
"Tão cedo?! Não havia necessidade... "

Saber o quanto sofreste até ontem, deixou-me ainda mais triste.
Fui incapaz de esconder a emoção...
"Tanto tempo?! Não havia necessidade..."

Saber que nos deixaste, deixou-me mesmo triste, mas não podemos ser egoístas.
Saber que já não sofres mais... deixou-me tranquila...

Para todos os Gs da família - força é a palavra de ordem!
Um Beijo Grande

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

E tudo o Sushi mudou...


"Regressado (...) passei por aqui para te deixar um beijo enorme..."

Parabéns à tripeira mais lisboeta ;-)...



Minha linda menina...

É tão bom ver-te crescer...
É tão bom sentir-te feliz...
É tão bom ver-te sorrir...
É tão bom sentir-te bem...

É tão bom ver-te alargar horizontes pessoais e profissionais...
É tão bom ter-te como AMIGA... é que é mesmo bom!!!

Que todos os dias da tua vida sejam pintados com as cores que mais gostares. Que a luz brilhe com toda a luminosidade que projectas e tu permaneças sempre brilhante!!

Para ti, um beijo do teu tamanho... não, eu não disse um 1.65cm de beijos... porque tu és Grande, e já mais te mediria assim ;-)

(Eu sei que foi ontem, e tu sabes, que só o posto está atrasado.
Tudo o resto está sempre presente)

domingo, 10 de janeiro de 2010

Quero que esta semana seja cheia de...

Agape...

Parabéns às duas... L.R e P.T

L.R., que os 32 que hoje celebras se revelem bem vividos!!
P.T., tão perto e tão longe... muitos Parabéns para ti!

Beijos às duas

Cores que marcaram a noite...


Esta noite foi a prova de que as Verdadeiras Amizades não dependem de espaço e tempo!

Só podia ter sido muito bom o aniversário da Princess J.!!!

Time to...



Só podia... Fazes-me falta!

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Não é o máximo?!...


Ela - "... bolas, estou podre..." (de cansada)

Ele - "Só se for de boa" ;-)

P.S. - O comentário era isento... ele (ainda) não a tinha visto hoje ;-)

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

O tempo é relativo...




Ele - Vais sair quando?!

Ela - Daqui a pouco... tipo: Já!!

Ele - Ainda demoro alguns minutos?!

Ela - Algums minutos, são muitos minutos?!

Ele - Espero que não! :-)

Ela - Eu também! ;-)

P.S. - Desde quando é que é preciso tempo e espaço para se ser Feliz?!

domingo, 3 de janeiro de 2010

Tacadas certeiras...

... é claro que não foram todas parar aos buracos,
é claro que umas entraram e depois tiveram de sair,
mas não falhei nenhuma tacada!

Nada como atirar para acertar!
O resto vem por acréscimo...
Momentos muito bem passados com os manos N.S e P.S.

Tão bom de ouvir...



Há coisas que não mudam! Há coisas que nos marcam...
Há coisas que ficam para sempre!

Quero muito...


Que a boa energia deste Sábado seja uma constante...
"Tudo posso, n'Aquele que me fortalece" - Filp. 4:13